Sempre é tempo de renovação profissional

Atualizado: 4 de Jun de 2019


Sempre achei que iniciar um texto com a palavra: “atualmente”, ou utilizar afirmações como: “está em constantes mudanças” eram meros clichês para facilitar o discurso, entretanto não é possível falar de renovação profissional sem observar o que atualmente é impactante no mercado, e o que mudou e ainda vai mudar no perfil do profissional de sucesso. Aqui, esses clichês tornam-se argumentos fundamentais para se elucidar o que se pretende dizer no texto, portanto:


Atualmente, obter sucesso profissional envolve variáveis que há poucos anos atrás não eram prioridades ao perfil dos profissionais de alto desempenho. Em um ambiente de incertezas, as constantes mudanças tornam-se a melhor certeza para se tomar como premissa ao definir um perfil profissional de sucesso.


Recordo-me que por volta de 2008, dentre as ferramentas utilizadas em treinamentos, o uso de vídeos era algo essencial. Os vídeos eram recursos que apesar de não serem raros, não eram amplamente visualizados como hoje. Em 2008, não existiam tantos smartphones quanto há hoje, e as pessoas não eram tão conectadas quanto são hoje.


Naquela época, sempre que fossemos a um ambiente acadêmico, carregávamos pendrives de no máximo 2GB e fazíamos fila no final da aula, curso ou treinamento para copiar os vídeos dos nossos professores, e assim replicarmos esses vídeos em nossos treinamentos e cursos.  Utilizávamos aqueles vídeos por meses ainda causando surpresa nos participantes que os assistiam.


Já hoje, se você estiver preparando uma aula ou uma apresentação na sexta-feira, e inserir em seus slides um vídeo publicado na internet nesta mesma sexta-feira, no sábado ao passar esse vídeo na aula ou na reunião, as chances deste vídeo ter sido assistido pela maioria dos alunos naquela sala é enorme. E, esse fato não é uma realidade que surgiu agora em 2016, já é algo que acontece há no mínimo 2 anos.


As inovações tecnológicas e as mudanças comportamentais da sociedade não só permitem que os profissionais adotem novos modelos de atuação, mas também abrem portas para novas tendências diariamente.


Artigos como estes, que se valem da escrita, apesar de eficazes na transmissão de ideias, já não são tão consumidos. Isso ocorre não pela relevância de seu conteúdo, mas porque as pessoas se habituaram a consumir conteúdo de outras formas, principalmente através de vídeos curtos disponíveis na internet.

Tal hábito se fez comum pela escassez de tempo de alguns profissionais e também pela comodidade de outros. Temos aqui quase uma questão de economia, pois a análise é simples:


Por que gastar quinze minutos lendo um texto de duas páginas, se alguém pode narrar este mesmo texto em um vídeo de dois minutos, utilizando elementos gráficos para ilustrar os conceitos do texto de modo a reduzir o tempo dedicado a absorver a mensagem?


Bom, mas efetivamente qual relação de vídeos e acesso à internet com a renovação profissional? Estes dois exemplos nos permitem perceber que o modelo de aprendizagem e apresentação de conteúdo mudou, os profissionais conseguem absorver conteúdo com muito mais rapidez e individualidade que há poucos anos atrás. E digo-lhes mais, absorver conteúdo já não é mais uma preocupação, pois o acesso à informação é tão alto e rápido que a maioria dos profissionais já não se preocupam mais em se preparar como antes absorvendo e retendo uma quantidade enorme de conhecimento. Os profissionais atualmente podem simplesmente optar por acessar um determinado conteúdo apenas quando sentir a necessidade de empregá-lo em suas atividades.


Imaginem que ao invés de memorizar algumas centenas de informações, os profissionais podem apenas tomar ciência de que aquela informação existe, e sabem onde encontrá-la quando preciso.


Nesse cenário, o profissional consegue transitar por um campo de conhecimento muito mais extenso, não porque ele memorizou aquelas centenas de informações, mas porque sabe como acessar rapidamente milhares de informações, selecionando apenas aquela que se faz necessária no momento. Trata-se da terceirização da memória, e desenvolvimento do processo pesquisa.


O que surge a partir desta observação é que podemos definir um possível perfil para o sucesso profissional nos dias atuais. Ora, se os principais perfis disponíveis no mercado são os profissionais experientes cujos estudos e experiências lhes conferem o domínio sobre algumas áreas de conhecimento, e os profissionais que não possuem vastos conhecimentos técnicos e experiências, mas que possuem uma alta capacidade de aprendizagem, demonstrando uma alta capacidade de adaptação para se trabalhar com o novo. Os profissionais experientes, com amplos conhecimentos técnicos sobre algumas áreas, e que também conseguem se adaptar a novos cenários e atuar conforme a demanda, ganham notoriedade e valor.


Em tempos de crise, muitas empresas optam por substituir profissionais experientes que custam mais caros por profissionais menos experientes com alta capacidade de aprendizagem por serem mais baratos. No entanto, em termos de custo-benefício o profissional que possui experiência e conhecimento técnico, mas que também possui uma alta capacidade de aprendizagem acaba se tornando uma solução altamente competitiva. Isso porque reduzir custos apenas, já se mostrou não ser a única solução para se enfrentar crises.


Quando falamos de renovação não estamos falando de profissionais inexperientes, e em início de carreira, estamos falando de profissionais que já possuem uma bagagem e que precisam se atualizar. Desde as primeiras lições acadêmicas somos orientados a nos mantermos atualizados para acompanharmos “as constantes mudanças”, e hoje o que podemos propor para se realizar tal atualização é:


Valorize as experiências que possui, mas busque adquirir novas:

Não se prenda a memorizar todo o conhecimento na integra. Isso lhe tomará muito tempo, se prenda a entender o contexto central e ter disponível os detalhes por menores. Mas só funciona se o acesso à fonte de armazenamento da informação for imediato.


Desenvolva uma forma de memorização terceirizada:

Ou seja, utilize mecanismos como smartphones e a internet para armazenar as informações menos utilizadas, mas que precisam estar disponíveis imediatamente quando necessário. Ler auxilia na formação de conhecimento concreto, principalmente a longo prazo. Enquanto assistir vídeos curtos contribui na construção de conhecimento abstrato.


As empresas estão aprendendo que a criatividade para solucionar problemas é tão importante quanto reduzir custos, e se antes consultar a internet por não lembrar uma informação era sinal de vergonha, hoje se feito imediatamente com rapidez já não é demérito algum.


Por fim, um ótimo exercício para renovação profissional é: leia um texto sobre algo extremamente novo para suas atividades profissionais, e grave um vídeo explicando o assunto. A medida que seus vídeos forem ganhando qualidade e for possível perceber que você discursa com propriedade e rapidez sobre o tema, saberá que está conseguindo realizar sua renovação profissional.


Óbvio que há muito o que falar a respeito do tema, e estas não são regras únicas, porém, são ótimas dicas para renovação profissional. Cabe a você adequá-las à sua realidade e gerar sua própria renovação por enquanto, até que novas mudanças exijam novas dicas.

0 visualização

(14) 99810-9160

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn
  • YouTube

2019 by CADENC